quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Bom Dia

Vambora de hj Especial Nova Zelândia

Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto.

   ...começamos com :


       Vambora -Christchurch

Christchurch - Foto: <p>
 David Wall</p>

Erguida em 1881 em estilo gótico, a imponente catedral anglicana é bem sugestiva. E os punts (espécies de gôndolas típicas de cidades inglesas como Oxford ou Cambridge) no Rio Avon, tocados por homens de calça social, suspensório e chapéu, não deixam dúvidas: Christchurch é a mais britânica das cidades neozelandesas.
Ao longo de suas ruas floridas, a herança dos antigos colonizadores se mistura às influências dos que chegam de outras partes do mundo. Recém-descoberta por imigrantes vindos de países como a China e a Índia, Christchurch também é a cidade preferida dos estudantes estrangeiros, tanto para aprender inglês quanto para cursar faculdade. Essa mistura de idiomas e temperos faz da segunda maior cidade do país, com 340 mil habitantes, um polo cosmopolita na ilha onde as ovelhas são milhares de vezes mais numerosas que os seres humanos.



O coração da cidade é a linda Cathedral Square, de onde parte um bonde que circula entre os principais pontos turísticos centrais. Mas a melhor pedida é caminhar pelas ruas ao redor, onde se concentram restaurantes e cafés bacanas, além de agitados centro culturais. Rivalizando com Wellington, a capital do país, Christchurch também tem uma forte veia artística. O Arts Centre (artscentre.org.nz) é uma delícia para comprar e ver arte, e também badalar, almoçar e ir ao teatro. Outro lugar para saber o que rola no mundo artístico neozelandês é a Art Gallery (christchurchartgallery.org.nz), que tem um wine bar, porque ninguém é de ferro.
Por essas e outras, vale a pena passar uns dias por aqui antes de explorar a natureza da Ilha Sul.






COMO CHEGAR
A Aerolineas Argentinas (0800-70733313, www.aerolineas.com.ar) tem voos partindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Porto Alegre com conexão em Buenos Aires. Para desembarque em Auckland, as tarifas começam em US$ 1.499. Pela LAN (11/2121-9010, www.lan.com), os voos saem de São Paulo e fazem conexão em Santiago, no Chile e escala em Auckland. O Aeroporto Internacional Christchurch, que recebe voos de todo o país, fica a 10 quilômetros do Centro.
A Nova Zelândia é ideal para viagens de carro. As estradas estão em boas condições e, apesar de os “kiwis”, como são chamados os locais, dirigirem na mão inglesa, os carros são automáticos e isso não chega a representar problema, desde que o motorista tenha um pouco de habilidade. Além das locadoras multinacionais como Hertz (hertz.com) e Avis (www.avis.com). A Nova Zelândia tem empresas de baixo custo, como a Ace Scotties (www.acerentalcars.co.nz) e a Scotties (www.scotties.co.nz). Essas companhias, menos conhecidas, geralmente têm agências um pouco afastadas dos aeroportos e estações, mas levam o carro até você sem custo extra.
O trem é uma ótima opção para deslocar-se dentro do país – os comboios panorâmicos atravessam regiões lindíssimas. As linhas férreas interessantes são da Tranz Scenic (www.tranzscenic.co.nz).Outra maneira de conhecer o país são os ônibus para mochileiros. Eles passam por todos os pontos de interesse e os passageiros podem subir ou descer em qualquer parada. O serviço mais famoso é o Kiwi Experience (www.kiwiexperience.com). O Naked Bus (nakedbus.com) é uma companhia de transporte econômico (em vans e ônibus) que interliga o país e vende passagens só por internet.
 
 
 
Informações ao viajante:
  • Inglês e maori
  • Dólar da Nova Zelândia
  • 000-955
  • Não é necessário.
  • Para entrar na Nova Zelândia, nenhuma vacina é obrigatória.
  • SHIS, Qd. 9, conj. 16, casa 1, Brasília (DF)
    (61) 3248-9900
     
     
    Caiaque em Haast River Bay of Plenty, Nova Zelândia
    Haast River Safari, Nova Zelândia
     
     
     
     
     

Otima ideia para dar mesadas as crianças



Uma boa forma para as crianças entenderem que tudo tem um preço. Estabeleça um falor para a mesada e subtraia os maus comportamentos.

 Ótima idéia para fazer seus filhos merecerem a mesada

fonte: http://www.sedentario.org

Nerd: Por trás das cameras de Star Wars






É só para esclarecer para ninguém pensar que eles contrataram um jacaré humanoide para trabalhar no filme, afinal trabalhar com jacarés humanóides é crime pois eles deveriam estar soltos na natureza intergaláctica.

Yarn Bombing : Agasalhando objetos na rua


O Yarn Bombing é um movimento criado por fãs do crochet e do tricot que consiste em decorar a cidade com peças feitas nestas técnicas e assim trazer mais cor e alegria às cidades. É com esse intuito que esse grupo tenta, com sucesso, enfeitar Portugal. Confira algumas outras obras deles, vendo o posto c







Maxwell, o gato de 3 patas e seus chapéus estilosos


Esse gatinho chamado Maxwell, foi adotado pelo escritor e ilustrador Adam Ellis que faz diversos chapéus para seu bichano usar durante o dia.







A evolução


SIMPLESMENTE LOUCA PARA JOGAR POKÉMON X & Y <3

Fall Colors


E eles não estavam preparados para isso.