domingo, 8 de setembro de 2013

Bom Domingo



                                                       Droga amanhã é segunda !

Animais fofos:Dose de fofura

Pensamento do dia




Para pais skatistas




Fotoguia :As pontes mais bonitas do mundo

 
 
12 pontes extraordinárias encontradas pelo mundo
 
 
 
 
 
Ligar dois pontos diferentes em um espaço pode ser simples, mas também pode ser muito mais divertido com algumas ideias criativas. Provavelmente, esse objetivo faz parte da vida de arquitetos e engenheiros que criam projetos impressionantes de pontes espalhadas pelo mundo.
Além de sua real necessidade funcional de ligação entre dois pontos, é possível ainda, com uma dose de ousadia e inovação, deixar as estruturas mais incríveis para servir de passagem para carros ou trens. Confira abaixo algumas das pontes mais extraordinárias do mundo.

1. Aiola Island - Áustria

Fonte da imagem: Reprodução/Toxel

2. Banpo Bridge - Seul (Coreia do Sul)

Fonte da imagem: Reprodução/World of Designers

3. BP Bridge - Chicago (Estados Unidos)

Fonte da imagem: Reprodução/Virginia Duran

4. Ponte Erasmus - Rotterdam (Holanda)

Fonte da imagem: Reprodução/Virginia Duran

5. Ponte das ondas Henderson - Cingapura

Fonte da imagem: Reprodução/Next Trip Tourism

6. Ponte Infinity - Inglaterra

Fonte da imagem: Reprodução/Virginia Duran

7. Langkawi Sky - Malásia

Fonte da imagem: Reprodução/Virginia Duran

8. Ponte aquática de Magdeburg - Alemanha

Fonte da imagem: Reprodução/Virginia Duran

9. Millau Viaduct - França

Fonte da imagem: Reprodução/Virginia Duran

10. Ponte Øresund - Liga Copenhagen (Dinamarca) e Scania (Suécia)

Fonte da imagem: Reprodução/Virginia Duran

11. Ponte flutuante pula-pula - Paris (por enquanto, é apenas um projeto conceitual)

Fonte da imagem: Reprodução/AZC

12. Ponte enrolada - Londres (Inglaterra)

 

13-Ponte Rio Niterói-Rio de janeiro -Brasil

Fonte da imagem: Reprodução/Toxel

Incrivel de hj : Conheça a técnica artística que retira a tinta da tela para criar imagens;

Conheça a técnica artística que retira a tinta da tela para criar imagens






Se você produz ou tem interesse por arte, talvez já tenha ouvido falar de scratchboard, certo? Mas, se essa é só uma palavra estranha para você, saiba que se trata de uma técnica artística bastante minuciosa.
A jovem Cristina Penescu, de apenas 25 anos, já está conseguindo reconhecimento graças a essa técnica, que consiste na produção de desenhos por meio da raspagem de material, fazendo com que determinada imagem seja gravada diretamente na tela.
A técnica consiste em fazer uma pintura uniforme na base que será gravada, para que depois a raspagem retire a tinta de cima e dê lugar aos traços de estilete, feitos pelo artista, como você pode ver no vídeo a seguir. Depois, confira algumas obras de Cristina e nos conte o que você achou dos resultados. Detalhe: ela é autodidata e, portanto, aprendeu a fazer tudo isso sozinha, instintivamente.

1 – Expressivo

Fonte da imagem: Reprodução/WildVisions

2 – Preguiça

Fonte da imagem: Reprodução/WildVisions

3 – Realista

Fonte da imagem: Reprodução/WildVisions

4 – Formas

Fonte da imagem: Reprodução/WildVisions

5 – Avante

Fonte da imagem: Reprodução/WildVisions

6 – Detalhes

Fonte da imagem: Reprodução/WildVisions

7 – Instinto

Fonte da imagem: Reprodução/WildVisions

Você sabia :morangos podem clarear os dentes naturalmente?

Você sabia que morangos podem clarear os dentes naturalmente?





Sabe aquela máxima “tudo o que é bom engorda”? Então, podemos completá-la e dizer que “tudo o que é bom engorda e mancha os dentes”. Afinal, se você parar para pensar por alguns segundos, se lembrará de que café, refrigerante, vinho e alguns doces podem comprometer o visual do seu sorriso.
Mas, se você não acredita muito no poder daqueles cremes e clareadores dentais que prometem dentes brancos e brilhantes em poucas semanas, talvez uma solução mais natural seja ideal para você – morangos. Isso mesmo! Incluir alguns morangos na sua alimentação pode melhorar a sua saúde e, de quebra, deixar seus dentes mais bonitos.
Segundo o Dr. Irwin Smigel, presidente da American Society for Dental Aesthetics, o morango é rico em ácido málico, que é um adstringente natural que remove a descoloração da superfície dos dentes. Para um efeito clareador mais poderoso, você pode misturar morango com bicarbonato de sódio.

Faça em casa

O portal da revista Health explica que basta amassar a fruta até formar uma pasta e misturar bem com o bicarbonato de sódio. Com uma escova macia, aplique a mistura nos dentes e aguarde 5 minutos. Em seguida, escove os dentes normalmente para eliminar o clareador e enxague bem. A revista ressalta que o procedimento deve ser feito, no máximo, uma vez por semana para não danificar o esmalte dos dentes.
Se você já testou ou pretende testar essa técnica, conte-nos o resultado nos comentários.

Deu a louca no Japão:8 coisas diferentes nos banheiros japoneses

8 coisas diferentes nos banheiros japoneses





Não é só o idioma e alguns aspectos culturais que mudam de um país para o outro. Elementos do dia a dia também são diferentes em vários lugares do mundo e, possivelmente, uma das maiores disparidades está entre a nossa cultura e a japonesa, principalmente em um lugar: o banheiro.
Enquanto em países mais desenvolvidos é possível encontrar vasos sanitários automatizados, em que não é preciso nem mesmo apertar a descarga, o Japão vai um pouco além. Nessa lista, vamos mostrar as coisas mais inovadoras, diferentes ou curiosas nos banheiros públicos orientais.

1. Chuveirinhos

Usar duchas higiênicas não é incomum no Brasil, mas no Japão as coisas são um pouco mais “agressivas”. Por lá, uma lavagem mais completa pode ser feita por uma pequena ducha instalada dentro do próprio vaso. Você não precisa ter qualquer contato com a ducha em si, bastando usar o controle remoto posicionado ao lado do vaso e selecionar seu modo preferido.
Ducha em pleno funcionamento Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia
Você pode escolher ritmos diferentes para a água, proporcionando massagens na hora da higiene, deixando tudo mais confortável. Além disso, um tipo de modo “turbo” também pode ser selecionado, o que ajudaria em “limpezas pesadas”.
Se quiser, você também pode mudar a temperatura da água e o posicionamento da ducha, tudo ainda feito pelo controle remoto. Em março de 2010, 72% dos banheiros japoneses já contavam com o acessório.

2. Assentos aquecidos

Quem mora em regiões frias sabe o quanto pode ser sofrido ir ao banheiro em dias frios. No Japão, você não teria esse problema. Por lá, até mesmo banheiros públicos podem ser aquecidos e contam com sensores de proximidade, aquecendo mais ou menos quando a tampa é levantada e abaixada.

3. Banheiros totalmente eletrônicos

Escolha suas preferências! Fonte da imagem: Reprodução/Japan Talk
Em complemento aos dois itens anteriores, outros itens tecnológicos também são encontrados em banheiros públicos japoneses. Por lá, é possível ajustar a limpeza automática, para que ninguém precise fazer o trabalho sujo, ar condicionado quente e frio para secar suas partes íntimas e, o mais útil de tudo: um equipamento de barulho. Isso mesmo! No Japão, você pode ligar um alto-falante que faz dezenas de barulhos enquanto você está no banheiro, evitando qualquer constrangimento.
Painel de controle Fonte da imagem: Reprodução/Japan TalkPara os banheiros residenciais existem ainda outras alternativas, como luzes noturnas e sistemas de personalização para o uso e aquecimento conforme hora do dia e os mais diversos desejos do usuário.

4. Sapatos de banheiro

Os japoneses tem o costume de separar o que é “puro” do que é “impuro” — e os sapatos são considerados como uma das coisas mais impuras que você pode imaginar: eles atravessam muitos metros todos os dias, se arrastando por todo tipo de terreno.
Fonte da imagem: Reprodução/Japan Talk
Você já deve saber que, ao entrar em casas e alguns estabelecimentos japoneses, é preciso tirar os sapatos e colocar chinelos específicos. Mas o que muita gente não sabe é que, na maioria dos lugares, existe também um chinelo específico para o banheiro.
E os chinelos sanitários são sim a coisa mais suja da cultura japonesa, por isso é preciso retirar os chinelos sanitários a cada vez que você sair do banheiro; caso contrário, as pessoas podem ficar chocadas. Para não haver qualquer erro, eles geralmente trazem inscrições e desenhos enormes, deixando bem claro que aquele calçado não deve sair do banheiro.

5. Uma posição nada confortável

Antigamente, grande parte dos vasos japoneses era bastante diferente dos que temos no Ocidente. Por lá, a ideia era ir ao banheiro da forma mais natural possível: de cócoras. Por isso, os vasos ficavam posicionados no chão e contavam até mesmo com uma barra de ferro para ajudar o usuário a se apoiar.
Fonte da imagem: Reprodução/Japan Talk
Pesquisas recentes mostraram que essa é, na verdade, a melhor forma de ir ao banheiro, pois proporciona um fluxo melhor para que o corpo se livre dos dejetos (leia mais sobre o assunto aqui). Mais uma vez, a cultura milenar japonesa estava dando aulas para o Ocidente.
Fonte da imagem: Reprodução/Japan Talk
No entanto, infelizmente a globalização também afetou os banheiros orientais, que precisaram ser adaptados para visitantes estrangeiros. Atualmente, apenas 10% dos banheiros por lá ainda contam com esse tipo de vaso sanitário.

6. Papel higiênico? Só comprando!

Fonte da imagem: Reprodução/Japan TalkOutro costume antigo era a falta de papel higiênico. Não por uma distração da equipe de manutenção, mas sim pela cultura local. Até pouco tempo, os japoneses precisavam comprar papel higiênico, pois eles não eram oferecidos dentro das cabines. Para isso, máquinas de venda ficavam posicionadas em lugares públicos, possibilitando a compra automática.
Antigas máquinas de venda Fonte da imagem: Reprodução/Japan Talk

7. Desodorizador

Ok, esse item é bastante comum no Brasil, mas o inovador aqui é a forma como isso é feito em terras orientais. Por lá, o sistema está interligado ao vaso e, além de borrifar cheiros mais agradáveis, o sistema também libera ozônio, que é a forma mais eficiente de acabar com qualquer odor em segundos.

8. Economia ecológica

Uma ideia totalmente simples, mas muito importante para a economia de água, é a reutilização do líquido da lavagem de mãos para a hora da descarga. Por lá é comum encontrar pias para lavar a mão instaladas sobre o vaso sanitário.
Fonte da imagem: Reprodução/NPR
Assim, a água utilizada ajuda a encher o reservatório da descarga. Quando o vaso for utilizado novamente, aquela água é dispensada na descarga, economizando na conta da água e no uso de recursos naturais.

Links de Domingo

-sr-zoom-assusta-pessoas-com-habilidade-de-arregalar-olhos-exageradamente.htm
-ovelhas-entram-no-clima-dos-protestos-e-respondem-humano-em-video.htm
-trombeta-apocaliptica-som-sinistro-e-escutado-novamente-ao-redor-do-mundo.htm
-elenco-de-escola-de-rock-se-encontra-10-anos-depois.htm
-esportista-e-atacado-por-aguia-em-pleno-voo-video-.htm
-gatinho-e-flagrado-mexendo-em-uma-gaveta-e-faz-cara-de-culpado-video-.htm
-5-produtos-japoneses-para-escapar-do-calor.htm
Puppy-wants-cat-kisses
-alguns-dos-ataques-de-animais-mais-bizarros-de-todos-os-tempos.htm
-veja-o-projeto-de-transformar-as-piramides-do-egito-em-parque-de-diversoes.htm
-conheca-a-maior-e-mais-alucinante-queda-de-montanha-russa-do-mundo-video-.htm
-esta-de-dieta-seus-quilos-perdidos-podem-valer-ouro-em-dubai.htm
-confira-imagens-incriveis-de-tempestades-e-tornados.htm
-culinaria-bizarra-conheca-7-pratos-nojentos-consumidos-no-mundo.htm
-afinal-quanto-vale-um-rim-o-corpo-humano-pode-viver-sem-quais-orgaos-.htm

11 imagens de arte tridimensional em folha sulfite...Peter Callesen é um dinamarquês que demonstrou seu talento com uma matéria-prima bem inusitada: papel A4.

Fonte da imagem:Reprodução/PeterCallesen11 imagens de arte tridimensional em folha sulfite





O artista dinamarquês Peter Callesen explorou uma matéria-prima bastante comum para produzir um trabalho tridimensional incrível: folha sulfite. O resultado é tão surpreendente que, à primeira vista, parece impossível que Callesen tenha mesmo produzido essas peças com um material tão banalizado.
As imagens que você vai ver a seguir foram retiradas do portfólio online do artista e revelam o contraste entre a criação e o papel cortado, sendo que as duas partes não são separadas uma da outra. E aí, o que você achou do resultado?

1 – Fugindo do fogo

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

2 – O cisne morrendo

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

3 – Sonho distante

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

4 – Fim da linha

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

5 – O pintor

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

6 – Montanha

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

7 – Ressurreição

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

8 – Mãozinha

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

9 – Ruínas

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

10 – Metade do caminho

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen

11 – Na sombra da orquídea

Fonte da imagem: Reprodução/PeterCallesen